O Vale destaca primeira cirurgia de fissura labial realizada na Santa Casa

O site do jornal O Vale noticiou a primeira cirurgia de enxerto ósseo de maxilar (rebordo alveolar), realizada na Santa Casa de São José dos Campos. Esse é um dos procedimentos cirúrgicos do tratamento em pessoas nascidas com fissura labiopalatina. A operação faz parte de um projeto piloto de parceria entre o hospital e a AAFLAP (Associação de Apoio aos Fissurados Lábio-Palatais de São José dos Campos), que atua na região há 32 anos, no atendimento aos nascidos com fissura labiopalatina.

“A fissura labiopalatina é uma malformação congênita que tem um tratamento de reabilitação longo, durando em média 18 anos e que deve ser iniciado logo após o nascimento do bebê”, explica a presidente da AAFLAP, Eliana Bonadio Becker Molina.

Na cirurgia realizada na Santa Casa, com uma paciente de 12 anos, foi feito enxerto ósseo do rebordo alveolar para reconstrução do arco dental que, fechando a falha existente, devolve à arcada sua forma contínua.

Leia a notícia completa aqui.

Regras de Visitação

A quantidade máxima de visitantes por instituição solicitante é de 3 (três) pessoas.
Não é permitido fotografar e/ou as instalações, exceto o registro de fotos nas dependências do auditório, durante a apresentação inicial.
Não é permitido copiar e disponibilizar documentos sem autorização.
Duração da visita: 30 minutos de apresentação geral e 1 hora de visitação as áreas

Observações

  • O envio do formulário preenchido não caracteriza o agendamento da visita, sendo necessário aguardar o e-mail de confirmação da mesma.
  • A instituição se reserva ao direito de limitar o número de visitantes e alterar o roteiro de visitação conforme características do setor, sem aviso prévio