Procedimento cardíaco menos invasivo é realizado pela primeira vez na Santa Casa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Santa Casa de São José dos Campos realizou pela primeira vez procedimento de implante percutâneo de válvula aórtica cardíaca biológica por cateter – chamado TAVI, sigla em inglês para Transcatheter Aortic Valve Implantation. A técnica é indicada para pacientes que apresentam estreitamento da válvula da aorta, principal vaso sanguíneo que sai do coração, oferece menor risco e favorece a recuperação.

Com equipe de profissionais altamente qualificada para a realização, o procedimento foi um sucesso e a paciente já está em sua residência. Participaram o cardiologista intervencionista e responsável do setor de Hemodinâmica da Santa Casa de São José dos Campos, Dr. Ciro Jones Cardoso, o cirurgião cardiovascular, Professor Dr. Kleber Hirose e o Professor Dr. Diego Gaia, da Escola Paulista de Medicina – UNIFESP.

No TAVI, a válvula é introduzida através da virilha do paciente, dispensando a necessidade de cortes profundos. O procedimento dura, aproximadamente duas horas e envolve equipe multidisciplinar.

O corpo clínico da Santa Casa de São José dos Campos tem todo o preparo para realizar o TAVI, com médicos capacitados para o devido suporte antes, durante e após o procedimento e, para o hospital, é uma grande satisfação incorporar aos seus serviços novas tecnologias, como esta, que é considerada na Medicina como uma revolução no tratamento da estenose aórtica.

 

Assessoria de imprensa da Santa Casa de São José dos Campos

Predicado Comunicação

Carolina Fagnani carolina@predicado.com.br – (11) 9-9144-5585 WhatsApp

Vanessa Oliveira – vanessa@predicado.com.br – (11) 9-7529-0140 WhatsApp