Instituto de Educação da Sta. Casa de São José dos Campos sedia reunião do setor filantrópico estadual

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Provedor da Santa Casa, Ivã Molina, é vice-presidente da Fehosp, organizadora do encontro

O Instituto de Educação da Santa Casa de São José dos Campos (IEP) sediou, nesta segunda-feira (9), reunião organizada pela Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Estado de São Paulo), que tem como vice-presidente o provedor da Santa Casa, Ivã Molina. Com a participação de dezenas de representantes do setor filantrópico de diversos municípios, o encontro teve como objetivo compartilhar informações relacionadas às atividades das entidades filantrópicas.
 
Além do diretor-presidente da Fehosp Edson Rogatti, estiveram presentes gestores de instituições filantrópicas de Guararema, Aparecida, Cachoeira Paulista, Caraguatatuba, Cruzeiro, Cunha, Mogi das Cruzes, Caçapava, Santa Isabel, Guaratinguetá, Jacareí, Pindamonhangaba, São Bento do Sapucaí e Ubatuba.
 
Na ocasião, Rogatti palestrou sobre os impactos ao setor do PL 2564/20, aprovado pela Câmara dos Deputados, que cria o piso salarial da Enfermagem; atualizou sobre doações de EPIs (Equipamentos Individuais de Proteção) recebidas por hospitais psiquiátricos, além de apresentar as novidades sobre a programação do 31º Congresso Anual Fehosp, que acontecerá entre 6 e 9 de junho, em Atibaia (SP).
 
Parceira da Fehosp, a empresa Resolute Cuidados em Saúde também esteve presente na reunião, trazendo debates importantes para as entidades.
 
Ainda durante o encontro, foram repassadas informações sobre o andamento do Programa Mais Santas Casas, do governo estadual e que encaminha recursos para custeio dos hospitais, e também projetos sobre energia limpa.
 
“Foi uma reunião muito proveitosa, com a troca de informações sobre o atual cenário do setor filantrópico, as ações em andamento para melhorias aos hospitais e uma valiosa oportunidade de, juntos, pensarmos em iniciativas que fortaleçam ainda mais o trabalho prestado por essas instituições, que são a base do SUS (Sistema Único de Saúde), com o atendimento a mais de 50% da média complexidade e de 70% da alta complexidade da demanda pública de saúde”, salientou Ivã Molina.
 
Assessoria de Imprensa:
Predicado Comunicação
Carolina Fagnani – carolina@predicado.com.br – (11) 9 9144.5585 WhatsApp
Vanessa de Oliveira – vanessa@predicado.com.br (11) 9 7529-0140 WhatsApp
Patrícia Soares – patricia@predicado.com.br (11) 9-9571-7400 WhatsApp