Governador em exercício visita nova Central de UTI da Santa Casa de São José dos Campos

Felício Ramuth foi acompanhado do secretário estadual de Saúde e de assessor especial da Pasta; outras autoridades participaram da visitação

O governador em exercício e ex-prefeito de São José dos Campos, Felicio Ramuth, visitou as instalações da Nova Central de UTIs e Internação da Santa Casa de São José dos Campos, no início da tarde desta sexta-feira (31). Ramuth veio acompanhado do secretário estadual de Saúde, Eleuses Paiva e do assessor especial da Pasta, Edson Rogatti, que também preside a Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo (Fehosp). A visitação também foi acompanhada pelo prefeito de São José dos Campos, Anderson Farias; a secretária municipal de Saúde, Margarete Carlos da Silva, a diretora do DRS (Departamento Regional de Saúde) Taubaté, Ana Beatriz Hernandez Hernandez Palermo, além dos deputados estaduais Dr. Elton e Oseias de Madureira, o vereador Marcão da Academia e o presidente da Câmara Municipal, Roberto do Eleven.

Ramuth e Paiva destacaram a importância do papel da Santa Casa de José dos Campos no atendimento à Saúde à região do Vale do Paraíba e parabenizaram a estrutura inaugurada, que proporcionará mais conforto aos pacientes e maior qualidade na prestação do serviço.

Com arquitetura hospitalar moderna, ambientes amplos, confortáveis, a Nova Central de UTIs e Internação traz ampliação de 55% na disponibilidade dos leitos de UTI) e de 19% na oferta de leitos de internação.

A nova ala foi aberta no mesmo mês em que foi inaugurada a expansão do prédio da Santa Casa, há duas décadas, em 2003, no dia 15 de março.

“É com muito orgulho que escrevemos mais um capítulo da nossa história, que é secular. Seguiremos empenhados para alcançar muitos outros feitos que nos permitam continuar honrando nossa missão, há mais de 100 anos: acolher, respeitar e cuidar”, falou o provedor da Santa Casa de São José dos Campos, Ivã Molina.

A Santa Casa de São José dos Campos foi fundada em 15 de agosto de 1899, no final do século XIX e se tornou o principal equipamento de saúde do município e da região do Vale do Paraíba (que compreende 39 municípios), sendo também referência estadual, em função de sua história pautada pela filantropia e amor ao próximo. Hoje, são mais de 1.000 médicos cadastrados e mais de 1.600 colaboradores.

O hospital tem o título de “Acreditado com Excelência” Nível 3 da ONA – Organização Nacional de Acreditação, recebido em dezembro de 2018, concedido às instituições que têm uma cultura organizacional de melhoria contínua. Para alcançar a certificação, a entidade passou por um rígido sistema de avaliação de todos os seus processos, em diversas áreas.

Sala cirúrgica inteligente

A inauguração ocorrida na última segunda-feira (27) também contemplou estrutura inteligente das salas cirúrgica, ampliadas em 30% (de 07 para 10). Com ambiente integrado que combina tecnologia com técnicas minimamente invasivas, proporciona ao profissional autonomia sobre o espaço cirúrgico, como o controle da intensidade de luz, registro de imagens e transmissão em tempo real dos procedimentos.

“A principal diferença entre salas de cirurgia comuns e salas de cirurgia inteligentes é que, além da ergonomia, há equipamentos disponíveis para a captação de áudio e imagens em alta resolução para a realização de cirurgias assistidas e videoconferências”, ressalta o provedor.

Uma das câmeras é conectada ao equipamento de vídeo cirurgia e a outra apontada para o local da cirurgia, sendo possível a utilização do monitor da sala para observar os detalhes da cirurgia de diferentes ângulos e posições. “Nas salas inteligentes, as imagens são monitoradas por toda a equipe por meio dessas câmeras, enquanto nas salas tradicionais apenas o cirurgião tem a visão cirúrgica privilegiada”, salienta Molina.

Equipamentos de ponta

Entre os modernos equipamentos que integram a sala cirúrgica inteligente está o workstation de anestesia, com funcionalidades para ajudar a tornar o processo de anestesia mais seguro para os pacientes e para a equipe clínica. Disponibiliza informações gráficas como fluxo de gás fresco durante a anestesia, até a monitorização de oxigênio e a captação de agente anestésico.

Outro destaque é a plataforma de monitorização avançada, com recurso que detecta a probabilidade de um paciente evoluir para um evento hipotensor (que causa a queda da pressão arterial) antes que ocorra. Além disso, fornece informações sobre a causa da hipotensão e auxilia na conduta a ser adotada para o paciente.

Formação

A sala cirúrgica inteligente também contribuirá para a formação de novos e futuros médicos. Isso porque residentes e estudantes de Medicina poderão acompanhar os procedimentos no auditório da instituição, como se estivessem dentro da sala cirúrgica, sendo possível a interação com o cirurgião.

Contratações

Com a expansão, está prevista a contratação de 92 profissionais e 16 aprendizes. As vagas não serão preenchidas de uma única vez, o preenchimento será gradativo, conforme os leitos forem sendo abertos.

“Essa ampliação é uma grande satisfação para nós, nos permitindo expandir nossos quadros, oferecer mais conforto aos nossos pacientes e, assim, continuar assegurando a qualidade dos serviços que oferecemos à população e que nos tornou referência em atendimento em toda a região do Vale do Paraíba, com humanização. As obras aumentaram nossa capacidade de prestação de serviço, com infraestrutura adequada para cuidar dos pacientes com ainda mais acolhimento, respeito e eficiência”, fala o provedor.

 

Assessoria de Imprensa:

Predicado Comunicação

Carolina Fagnani – carolina@predicado.com.br – (11) 9 9144.5585 WhatsApp

Vanessa de Oliveira – vanessa@predicado.com.br (11) 9 7529-0140 WhatsApp

Patrícia Soares – patricia@predicado.com.br (11) 9-9571-7400 WhatsApp

Viviane Bucci – viviane@predicado.com.br (11) 9 30728305 WhatsApp

Regras de Visitação

A quantidade máxima de visitantes por instituição solicitante é de 3 (três) pessoas.
Não é permitido fotografar e/ou as instalações, exceto o registro de fotos nas dependências do auditório, durante a apresentação inicial.
Não é permitido copiar e disponibilizar documentos sem autorização.
Duração da visita: 30 minutos de apresentação geral e 1 hora de visitação as áreas

Observações

  • O envio do formulário preenchido não caracteriza o agendamento da visita, sendo necessário aguardar o e-mail de confirmação da mesma.
  • A instituição se reserva ao direito de limitar o número de visitantes e alterar o roteiro de visitação conforme características do setor, sem aviso prévio