(12) 3876-1999

Santa Casa de São José dos Campos promove IV Jornada da Prematuridade

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Santa Casa de São José dos Campos promove IV Jornada da Prematuridade

 

Em prol desta data, a Santa Casa de São José dos Campos organizou a IV Jornada da Prematuridade, que acontecerá nos dias 19 e 20 de novembro.  O evento é voltado para o público interno e será composto por palestras com médicos de diferentes especialidades. “O bebê prematuro nasce sem formação completa de órgãos que são vitais, por isso é fundamental que no seu tratamento haja atendimento de uma equipe multidisciplinar, composta por neurologistas, nutricionistas, pediatras, cardiologistas, enfermeiras, fisioterapeutas, fonoaudiólogas, além de outros profissionais. Por este motivo, o evento traz diferentes viés do tratamento adequado”, explica a enfermeira gestora da UTI Neonatal e coordenadora do evento, Amanda Hiroko Rodrigues Sugisawa.

Os temas abordados serão a relação entre a prematuridade e a neurocirurgia, os sinais de alerta no RN prematuro, as dificuldades e as atualizações de nutrição do bebê neste quadro, além do protocolo de utilização do óxido nítrico em neonatologia. Na última palestra, do dia 20/11, os participantes irão acompanhar o depoimento da fundadora do projeto Apressadinhos, Thays Vallias.

O projeto surgiu depois que a advogada Thays teve um parto prematuro gemelar, em que suas bebês nasceram de 25 semanas, mas apenas uma delas conseguiu sobreviver. O objetivo do projeto é arrecadar fundos e lutar por políticas públicas, além de fornecer apoio emocional aos pais de bebês. “A Thays irá compartilhar suas experiências como mãe. Ela foi atendida pela Santa Casa e irá ressaltar a importância de um atendimento especializado e humanizado para a sobrevivência de um prematuro”, afirma Amanda Hiroko.

A UTI Neonatal da Santa Casa é altamente especializada no atendimento do bebê prematuro e sua mãe. O ambiente é preparado para cuidar de casos de alto risco e, por isso tem equipamentos modernos e infraestrutura que garantem a segurança e o conforto dos pacientes.

19/11/2018