Homenagem ao Dia do Médico – 18 de outubro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao médico com carinho:

Vivi para conhecer e conviver com muitos médicos, os que que cuidam de mim, da minha família e os muitos com quem trabalhei e trabalho.

Na rotina de quem atua no mercado de saúde as pautas atreladas ao médico são muitas: inovações, educação continuada, experiência do paciente, acesso à assistência, remuneração, convênios, políticas públicas de saúde, custeio, campo de atuação, equipe multidisciplinar, gestão hospitalar, categorias profissionais, dentre tantos outros assuntos e discussões.

Dificilmente reservamos tempo para externar nosso agradecimento e justo reconhecimento do trabalho médico.

O ofício da medicina exige mais que talento e dedicação. Os médicos, em sua maioria, nasceram para serem médicos, sua entrega é mais do que de tempo e de aprendizado, sentir-se médico é compreender o sofrimento humano, é acolher o paciente e seus familiares, é tratar, cuidar, educar e assistir emocionalmente.

Valorizo e admiro os que escolheram essa profissão, que desse o início exige fibra e amor. É preciso conquistar uma vaga, depois são muitos anos de formação, o início de carreira é árduo e o aprimoramento é contínuo, os médicos estudam a vida inteira e todas as suas conquistas provenientes de sua atenção são válidas e merecem nosso respeito.

Desejo que todo brasileiro tenha a oportunidade de ser cuidado e acolhido por um médico, quando necessário, e que os nossos médicos sejam reconhecidos e admirados.

Foi com um médico que aprendi o valor do meu bem-estar e sou grato por conviver com seres humanos incríveis que respondem por Dr.

 

Ivã Molina

Provedor da Santa Casa de São José dos Campos